Mais do que simples histórias infantis, os contos clássicos, as lendas e fábulas possuem atributos importantes para o repertório de vida da criança, aguçando sua imaginação e estimulando sua capacidade de reflexão. Essas narrações possuem particularidades e características que as diferenciam umas das outras. Saiba mais sobre cada uma delas:

O que são as fábulas?

O objetivo da fábula é fazer com que as crianças – e os adultos que contam as histórias – reflitam sobre valores da sociedade e outros julgamentos. A narrativa é curta e conta com figuras personificadas, geralmente animais com características humanas – como pensamentos e emoções. Seus defeitos e qualidades são apresentados no desenrolar da história, para que, ao final, ela transmita uma moral.

Fábulas famosas: “A cigarra e a formiga”, “A lebre e a tartaruga”, “João e o pé de feijão” e “Os três porquinhos”.

O que são lendas folclóricas?

A lenda do tipo folclórica é influenciada pela miscigenação do povo e é fruto da imaginação popular. Não significa, necessariamente, que é uma mentira, mas também não é uma verdade absoluta.

Lendas famosas: “Lobisomem”, “Boitatá”, “Cuca” e “Saci Pererê”.

O que são contos clássicos?

Uma viagem para os castelos encantados e magias misteriosas. Os famosos contos de fadas contam histórias de príncipes e princesas. Exploram a imaginação dos pequenos com dramas e idealizações utilizando os mais variados personagens, como animais com características humanas, bruxas etc.

Contos famosos: “Alice no País das Maravilhas” e “Contos de Grimm”.

Leia também: