A importância da bibliodiversidade no incentivo à leitura

Quando a gente decide que quer estimular o hábito da leitura em casa começa uma longa jornada. Que vai desde escolher os livros certos até encontrar os melhores momentos para ler com os pequenos. Afinal, o interesse pela leitura não é como uma fruta madura no pé. É preciso muita estimulação e quanto mais variada a oferta for, melhor!

Tem um livro na minha porta!

Para entender um pouco a importância de variar os livros é só pensar no princípio da alimentação. Toda criança precisa comer de tudo um pouco, de frutas a legumes. Com a literatura é a mesma coisa, os pequenos precisam experimentar um pouquinho de tudo. Por isso, uma biblioteca tem que se parecer com uma feira de legumes e verduras, colorida e muito diversificada! Sabendo disso, a Equipe de Curadoria da Leiturinha selecionou um título inusitado para os Leitores de Berço: o livro Hora do Banho, um livro de porta para bebês!

Livro Hora do banho: da porta à leitura

Além de trazer uma novidade para a biblioteca dos pequenos (afinal não é todo livro que a gente pode pendurar na porta, né?),  o livro Hora do Banho fala, como o próprio título diz, do passo a passo do momento do banho. Desde colocar água e sabão na banheira até a tão esperada hora de brincar na água! O livro apresenta o banho de um elefantinho muito simpático, mas sabemos que essa história se repete em muitas casas, não é mesmo? E para apresentar essa hora tão gostosa, o livro explora rimas e ilustrações delicadas!  

O banho é um momento de cuidado e carinho entre pais e bebês. Ele pode acalmar, embalar e ainda aliviar algumas dores, como as cólicas. Um espaço do toque e da delicadeza, o banho é um momento precioso, no qual a água, a temperatura e os aromas envolvem os pequenos transformando esse momento em uma experiência singular. Sabendo de toda a riqueza dessa experiência, o livro Hora do Banho é uma ótima ferramenta para preparar os pequenos para essa hora, que além de higiene é também um momento de afeto

 

Dando voz à rotina 

 Ter um momento de leitura compartilhada é um dos primeiros passos para se formar um leitor. Mas engana-se quem acha que esse momento precisa ser descolado das atividades cotidianas. Pelo contrário, a literatura pode e deve estar atrelada à rotina dos pequenos. Afinal se a própria rotina de uma criança já é uma verdadeira história, recheada de poesia e diversão, por que não fazer dela um livro? Hora do Banho é um desses exemplos em que a rotina ganhou autor e ilustrador. 

Assim, além de preparar os pequenos para o banho, a obra também é um convite para trazer um toque literário para a rotina dos primeiros anos de vida! 

Para receber livros incríveis como esse e incentivar a leitura em sua casa desde cedo, faça parte do Clube Leiturinha!

Profile photo of Juliana Freitas

Apaixonada pela ciência e pelas artes literárias. Estuda o encontro entre a criança e o livro, a criança e o psicólogo e a criança e o mundo.