A importância de ler para bebês

Livros para bebês: Brochura ou livro brinquedo? Quais são as melhores opções para introduzir a leitura desde os primeiros dias dos bebês? Opções não faltam e a escolha vai depender dos hábitos e preferências de cada família.

Em matérias anteriores já falamos sobre os livros-brinquedo e sobre a importância dos estímulos psicomotores para os pequeninos. Já falamos sobre a importância das ilustrações em contraste, da função do esconde-esconde, dos livros de banho e sua materialidade que permite que os bebês os levem para todo canto. Falamos também sobre a função e a importância dos objetos eleitos pela criança como objetos transicionais e como sua passagem pela vida do pequeno pode fornecer a segurança e conforto.

O certo é que, independente do material, ler para bebês é essencial desde o nascimento, e até mesmo antes dele! A leitura entretém o pequenino por meio da contação, das imagens e, algumas vezes, do formato do livro, além disso, ler cria um ambiente rico em estímulos, o que colabora com o seu desenvolvimento. Ouvir a voz cadenciada de quem conta uma história se torna um ritual prazeroso tanto para o cuidador, quanto para bebê, fortalecendo o vínculo entre eles, trazendo calma e aconchego.

O papel dos livros de pano neste processo

Vamos Brincar de Esconde-Esconde

Entre os livros-brinquedo, os livros de pano, como os que a Equipe de Curadoria da Leiturinha seleciona para os pequenos da categoria Leitores de Berço, são sucesso garantido entre os bebês e suas famílias. Este tipo de material cumpre uma função importante pois, na presença de um adulto mediador, proporciona muitos estímulos sensoriais, sonoros e visuais, além das pequenas narrativas, que introduzem os bebês no universo do faz de conta.

O livro Vamos Brincar de Esconde-Esconde?, da Editora Todo Livro, é um exemplo disso, apresentando ilustrações em cores vivas e muita interatividade! Atrás das folhas, do feno e das flores estão escondidos muitos animais, que os bebês podem encontrar ao levantarem as abas. Assim, os bebês poderão morder, amassar e apertar cada página, explorando e descobrindo seus sentidos. Podem também levar seu livro para qualquer canto, elegendo-o como um objeto de transição, que transmite segurança e conforto.

Confira aqui 8 dicas de como explorar o livro de pano com seu bebê

1. Procure por posições legais e confortáveis para ler com seu pequeno.

2. Mantenha uma proximidade com o olhar de seu bebê – vale lembrar que a visão deles, nos primeiros meses, ainda está em desenvolvimento, e o que apresenta longe de seu campo de visão não é visto com nitidez.

3. Faça diferentes entonações de voz de acordo com cada situação ou personagem.

4. Faça mímicas, gesticule… use o corpo todo para contar uma história! Contar histórias pode ser uma brincadeira muito divertida!

5. Quando forem ler, deixe que observe as imagens, aponte as ilustrações com o dedo, aponte os personagens e objetos, falando seus nomes, reproduzindo seus sons.

6. Repetição é muito importante! Os pequenos nesta faixa etária precisam da repetição para absorver os conteúdos apresentados. A cada leitura, um novo elemento é compreendido e, por isso, a repetição é tão prazerosa.

7. Os bebês compreendem melhor os sons quando falamos devagar, portanto, ao ler, pronuncie as palavras lentamente.

8. Estabeleça uma rotina de leitura. Ler sempre nos mesmos momentos do dia (antes de dormir, por exemplo) pode contribuir para compreensão da rotina, melhora os vínculos entre vocês, além de criar e estabelecer o hábito e o prazer pela leitura!

Leia também: 

Profile photo of Sarah Helena

Mãe da Cecília, formada em Psicologia, especialista em Filosofia, sempre trabalhou com famílias, especialmente com os pequenos. Por esse amor ao universo afetivo infantil, hoje, na Leiturinha, ela colabora fortalecendo o vínculo das famílias leitoras através da experiência da literatura.