Esquenta Best Friday Leituria. Aproveite!

A importância da rede de apoio para uma amamentação tranquila

por | ago 22, 2019 | 0 Comentários

Qual a importância do leite materno?

Nos primeiros meses de vida, o leite materno é, sem dúvidas, o alimento adequado para os bebês. Além dos aspectos nutricionais e imunológicos, os benefícios alcançam o âmbito psicológico, o que favorece o vínculo entre mãe-bebê. Do ponto de vista emocional, a amamentação também possibilita que mãe e filho se recuperem da separação brusca do nascimento, facilitando que, aos poucos, possam se conhecer e descobrir juntos as vicissitudes e os prazeres desse momento. 

Como as emoções da mãe influenciam na amamentação 

O ato de amamentar é parte da relação humana, sendo um fenômeno sócio-histórico, com repercussões na prática cultural. Isso quer dizer que, ao longo da história da humanidade, diversos sentidos e fatores foram atribuídos à amamentação. Sendo que, até os dias atuais, estes influem diretamente na decisão da mulher em amamentar ou não os seus filhos e como ela se relaciona com esta experiência. 

A partir deste prisma, é possível ampliar o olhar sobre a amamentação, contemplando também a mulher que amamenta. Assim, temos as emoções como aspectos que podem facilitar ou comprometer o processo. 

Para Maria Tereza Maldonado, Mestre em Psicologia Clínica, as emoções afetam a lactação através de mecanismos psicossomáticos específicos. Segundo a autora, a calma, confiança e tranquilidade contribuem para um bom aleitamento. Enquanto o medo, depressão, tensão, dor, fadiga e ansiedade tendem a atuar como desafiadores. 

A importância da rede de apoio para uma amamentação mais tranquila

Contudo, a vivência da amamentação e as emoções relacionadas a ela variam de mulher para mulher, intensificando a importância de um ambiente favorável. Aqui, um fator torna-se relevante, trata-se da rede de apoio, que atua no sentido de promover amparo e suporte psicoafetivo e emocional à mulher. Uma rede protetiva, tecida e fortalecida em conjunto – já durante a gravidez – que age a favor do bem-estar da recém-mãe, auxilia para que ela esteja segura para se relacionar sem grandes medos com seu bebê. 

A rede de apoio é formada pelo companheiro, familiares, amigos, padrinhos e profissionais da assistência materno-infantil. São pessoas que proporcionam confiança para a mulher, sensíveis para receber as questões que eventualmente surgem e que se ocupam dos cuidados dispensados à mãe, deixando-a livre para cuidar de seu bebê ao seu modo. 

Assim, o entorno pode contribuir com algumas atitudes, como: concentrar o foco no fortalecimento do vínculo entre mãe e bebê, reconhecer cada conquista superada, ofertar uma escuta empática e livre de julgamentos, levar informações de qualidade e apresentar profissionais especializados para atuarem junto às questões e dificuldades encontradas

Ao abrirmos espaço para acolhermos a mulher que ali se apresenta, abrimos possibilidades de atuações mais efetivas.

Leia também:

Categorias:
0 - 3 anos
Escrito por Juliana Di Lorenzo
Mãe da pequena Olívia e Psicóloga. Após vivenciar as transformações e vicissitudes da maternidade, escolheu por dedicar seus estudos e práticas à psicologia Perinatal e Parental. Atua no atendimento clínico e grupos terapêuticos, pois acredita nas possibilidades da fala e escuta compartilhada. * Juliana é nossa autora convidada e seus textos não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Leiturinha.
Esquenta Best Friday Leituria. Garanta vantagens exclusivas! Cadastre-se agora!
Relacionados
8 grandes autores negros da literatura infantil

8 grandes autores negros da literatura infantil

Quem são e de onde vêm as vozes das histórias que ouvimos? "Ao ler um conto/história ou ver uma ilustração, dificilmente nos damos conta de quem as escreveu ou as criou. Quem são as vozes que entoam nossos contos preferidos? Quem são as pessoas por trás daquela obra...

Brincadeiras para fazer com as crianças antes que elas cresçam

Brincadeiras para fazer com as crianças antes que elas cresçam

Quem tem criança pequena em casa sabe o quanto isso pode ser divertido e, ao mesmo tempo, um pouquinho trabalhoso, não é? Às vezes, é preciso imitar um cientista para inventar ideias novas de brincadeiras para fazer com as crianças! Mas, com certeza, mães e pais...

8 grandes autores negros da literatura infantil

8 grandes autores negros da literatura infantil

Quem são e de onde vêm as vozes das histórias que ouvimos? "Ao ler um conto/história ou ver uma ilustração, dificilmente nos damos conta de quem as escreveu ou as criou. Quem são as vozes que entoam nossos contos preferidos? Quem são as pessoas por trás daquela obra...

Brincadeiras para fazer com as crianças antes que elas cresçam

Brincadeiras para fazer com as crianças antes que elas cresçam

Quem tem criança pequena em casa sabe o quanto isso pode ser divertido e, ao mesmo tempo, um pouquinho trabalhoso, não é? Às vezes, é preciso imitar um cientista para inventar ideias novas de brincadeiras para fazer com as crianças! Mas, com certeza, mães e pais...

Livros sobre representatividade negra para crianças

Livros sobre representatividade negra para crianças

Sabemos que a representatividade na literatura importa, tanto quanto importam as vozes presentes no texto. Afinal, quem ilustrou cada obra? Quem escreveu? As vozes negras são importantes, assim como os livros infantis que tratam sobre a representatividade negra para...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *