Até que idade acreditar no Coelhinho da Páscoa faz bem?

por | abr 12, 2017 | 2 Comentários

Participar do universo fantasioso dos pequenos é mesmo uma delícia! A Páscoa é tempo de estimular o pensamento inventivo – as idealizações que permeiam essas datas são muito importantes para o desenvolvimento cognitivo dos pequenos. É importante que aproveitemos essas datas para propiciar um jogo simbólico junto aos pequenos. Esse jogo consiste na expressão do irreal, a representação da fantasia –  o “faz de conta”.

A importância da fantasia

Quando a fantasia é expressa através da imaginação, os limites da criança são ultrapassados por um infinito de possibilidades de ser. A representação do seu imaginário no universo real expande sua capacidade de internalizar elementos tais como a autonomia, a confiança em si mesmo, a tomada de decisões – a possibilidade de representar sem medo da imposição do mundo adulto. É importante que seja permitida a criação nesse tempo; vestir fantasias, cantar, imitar, inventar formas de se comportar. É a partir do mundo imaginário que a criança poderá compreender o mundo real.

Incentivar a crença nesses elementos simbólicos ajudará seu pequeno a elaborar uma série de reservas afetivas prazerosas, que servirá como um espaço para que ele possa se refugiar quando necessário.

Quando as crianças deixam de acreditar no Coelhinho da Páscoa?

A partir de certa idade, geralmente 7 ou 8 anos, é natural que os pequenos passem a se dar conta do real e do fictício. Os questionamentos em torno dos simbolismos culturais, tais como o Coelhinho da Páscoa, do Papai Noel, etc, começarão a surgir. Cabe aos pais viabilizarem sutilmente essa nova percepção. Negar a realidade e estimular a fantasia nessa altura não é uma opção.
A celebração dessa data deverá ser feita de uma forma reflexiva e lúdica, utilize de recursos visuais e expressivos para vivenciar esse tempo junto ao seu pequeno. Estimule sua criatividade para trabalhar os temas contundentes. Converse sobre assuntos como o consumo, alimentação, religiosidade, faça brincadeiras como caça aos ovos e o mais importante: leia livros, assista vídeos que abordem o tema e reflita com ele sobre essa época tão especial pra nossa cultura!

Boa Páscoa!

Leia também:

Categorias:
0 - 3 | 4 - 6 | Família | Idade | Parentalidade
Escrito por Caroline Lara
Líder da Equipe de Curadoria da Leiturinha, é formada em Psicologia e mãe do Caetano. Leitora compulsiva, é apaixonada em provocar emoção, despertar a fantasia, entreter e alegrar pequenos através da literatura. Acredita que quanto menor nosso tamanho, maior a criatividade!
Relacionados
Como explicar a depressão para crianças?

Como explicar a depressão para crianças?

Infelizmente, a depressão infantil tem se tornado cada vez mais frequente. Apesar do difícil diagnóstico em muitos dos casos, é importante que os pais e responsáveis estejam atentos ao comportamento das crianças e adolescentes. Afinal, quanto mais cedo for feita a...

Como explicar a depressão para crianças?

Como explicar a depressão para crianças?

Infelizmente, a depressão infantil tem se tornado cada vez mais frequente. Apesar do difícil diagnóstico em muitos dos casos, é importante que os pais e responsáveis estejam atentos ao comportamento das crianças e adolescentes. Afinal, quanto mais cedo for feita a...

A Casa dos Pequenos Cientistas: um livro para fazer ciência

A Casa dos Pequenos Cientistas: um livro para fazer ciência

Que tal conhecer um livro que convida as crianças a fazerem suas próprias experiências científicas? É exatamente o que propõe o livro A Casa dos Pequenos Cientistas! Neste livro, que integra ciência e infância, os pequenos e pequenas serão desafiados a fazer ciência....

2 Comentários

  1. Avatar

    A minha pequenina Maya não tem esse apego por presentes que muitas crianças têm, mas ficou muito feliz porque quando acordou, no ninho que tinha feito ,tinha um ovo de chocolate.OBS: nós conversamos e dissemos que o Coelhinho só vinha quando a criança era boazinha.

    Responder
  2. Avatar

    Como somos cristãos, não damos ênfase aos presentes de chocolate e ao personagem coelho nesta data, e sim ao presente valioso q Deus nos deu q foi o sacrifício de seu filho Jesus Cristo. Só agora na escola q ele foi mais incentivado, mas converso muito com ele para q nao se perca o real espirito e motivo da comemoracao.

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *