Prêmio Reclame Aqui

Estatuto da Criança e do Adolescente: cuidar da infância é dever de todos

por | out 3, 2019 | 59 Comentários

Cuidar de nossas crianças e adolescentes é um dever de todos

Após o nascimento de um filho, os pais passam a ter um novo olhar para a infância e para a vida. Coisas banais, que antes passavam despercebidas, passam a ter outros valores e dimensões, e sua maior preocupação passa a ser a felicidade e a segurança do pequeno. É quando surge o constante temor em relação a acidentes, bullying, abusos sexuais, perigos virtuais e diversas outras ameaças que possam colocar em risco a vida e a saúde – física ou mental – da criança. 

Mas, muito mais do que uma preocupação, é um dever de todos nós, enquanto adultos e sociedade, proteger e cuidar da infância. E quando falamos de infância, não falamos apenas de nossos filhos, sobrinhos e primos, mas de todas as crianças e adolescentes de nossa sociedade. Isso está no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), um conjunto de leis aprovado e promulgado em 1990, que traz regras, direitos e deveres à respeito da infância e adolescência no país. Mas, afinal, o que está descrito nesse documento? E qual a sua importância? 

Toda criança no mundo
Deve ser bem protegida
Contra os rigores do tempo
Contra os rigores da vida.
Criança tem que ter nome
Criança tem que ter lar
Ter saúde e não ter fome
Ter segurança e estudar.
Não é questão de querer
Nem questão de concordar
Os direitos das crianças
Todos têm de respeitar.
(O Direito das Crianças – Ruth Rocha)

O Estatuto da Criança e do Adolescente

“É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao lazer e à profissionalização, à liberdade, ao respeito, à dignidade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.” – Artigo 227 da Constituição Federal de 1988.

Foi para fazer valer o Artigo 227 da Constituição que foi promulgado o Estatuto da Criança e do Adolescente, um marco na história de nosso país. A partir dele, crianças e adolescentes passaram a ser vistos como sujeitos de direitos, resguardados pelas leis brasileiras

Assim, nós, enquanto adultos e sociedade, temos a obrigação de cuidar e proteger nossas crianças e adolescentes, exigindo que o Estado o faça também. Mas, na prática, o que significa cuidar e proteger a infância e adolescência? Garantir a proteção integral é garantir a sobrevivência, o desenvolvimento pessoal e social e a integridade física, psicológica e moral da população infanto-juvenil.

Garantindo a sobrevivência

Entre 1990 e 2012, o Brasil conseguiu reduzir a taxa de mortalidade infantil em 68,4%, chegando a 14,9 mortes para cada 1.000 nascidos vivos, de acordo com o Ministério da Saúde. Número bastante próximo ao nível considerado aceitável pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 10 mortes por 1.000 nascidos vivos. Essa redução se deve à implementação de políticas públicas na área da saúde fundamentais para a prevenção de doenças como a paralisia infantil (poliomelite) e a universalização do acesso a vacinas.

No entanto, embora essas ações tenham tido impacto fundamental no cuidado às nossas crianças, quando falamos em garantir a sobrevivência de nossos pequenos e pequenas, vamos além. Ao pensarmos na quantidade de crianças e adolescentes exposta a perigos reais, vivendo nas ruas e na mira da violência de grandes cidades, é preciso nos responsabilizamos e exigirmos também de nossos governantes políticas que garantam a segurança e proteção de todas as crianças e adolescentes. 

Garantindo o desenvolvimento pessoal e social

A educação é a base para um mundo melhor. Por isso, é dever do Estado e de toda a sociedade possibilitar o acesso de crianças e adolescentes à educação de qualidade. E para além das escolas, também é de direito dos pequenos o acesso à cultura para um desenvolvimento pessoal e social que permita que eles se insiram e tenham voz na sociedade. Promover isso com nossos filhos e se envolver para que a cultura, a educação e o esporte cheguem a todos e todas é fundamental para o futuro de nosso país. 

Garantindo a integridade física, psicológica e moral

Garantir a proteção da saúde física e psicológica envolve garantir que os pequenos possam se desenvolver plenamente. Possam se alimentar bem, se exercitar, se desenvolver emocionalmente em um ambiente saudável. Que possam contar com a proteção da família e da escola em relação a abusos, agressões e bullying. Que recebam uma educação baseada no vínculo afetivo e não na agressão física e no desrespeito. Que possam crescer livres de traumas e medos, e que se os tenham, possam contar com apoio psicológico e assistência social sempre que preciso. 

“É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança”

Uma sociedade que se importa, cuida e entende a importância de proteger a infância e a adolescência é uma sociedade que acredita em um futuro melhor e que constrói um mundo onde o afeto, o respeito e o cuidado tenham mais peso do que a violência e o autoritarismo. Cuidar de crianças e adolescentes é uma obrigação, mas mais do que isso: é o primeiro passo para a construção de um lugar melhor para todos nós! 

Leia também: 

Escrito por Ana Clara Oliveira
Jornalista e editora do Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.
Livros selecionados por faixa etária, todo mês na sua casa. Saiba Mais.
Relacionados
Banhinho é Bom: o Castelo Rá-Tim-Bum como você nunca viu

Banhinho é Bom: o Castelo Rá-Tim-Bum como você nunca viu

Já parou para pensar que tomar banho é uma das atividades que mais repetimos ao longo da vida? Imagina só quantos minutos você já passou debaixo de um chuveiro. Essa atividade é tão relevante para o ser humano e para a vida em sociedade que não é de surpreender que o...

Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

“Viver a maternidade real é me doar a todo momento. É pensar e estar com ele no meu pensamento 24 horas por dia. É me preocupar, é sentir esse medo, acho que até mesmo um medo de perder. É querer aproveitar cada momento como se fosse único e pedir que o tempo pare."...

Banhinho é Bom: o Castelo Rá-Tim-Bum como você nunca viu

Banhinho é Bom: o Castelo Rá-Tim-Bum como você nunca viu

Já parou para pensar que tomar banho é uma das atividades que mais repetimos ao longo da vida? Imagina só quantos minutos você já passou debaixo de um chuveiro. Essa atividade é tão relevante para o ser humano e para a vida em sociedade que não é de surpreender que o...

Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

“Viver a maternidade real é me doar a todo momento. É pensar e estar com ele no meu pensamento 24 horas por dia. É me preocupar, é sentir esse medo, acho que até mesmo um medo de perder. É querer aproveitar cada momento como se fosse único e pedir que o tempo pare."...

Qual é a importância da leitura na educação infantil?

Qual é a importância da leitura na educação infantil?

De modo geral, os livros têm a capacidade de formar cidadãos ativos na organização de uma sociedade mais consciente e crítica. Mas qual é a importância da leitura na educação infantil, especificamente? Neste texto, você irá descobrir por que desenvolver o hábito da...

59 Comentários

  1. Sophia Gomes Scardua

    Ana Clara Oliveira gostei do muito do seu texto, achei bacana você falar sobre o estatuto da criança e tudo mais. Enfim, parabéns por escrever mais um texto maravilhoso acho os seus textos muito interessantes.

    Responder
  2. Antonia Gomes Vital

    Achei o texto muito bom. Hoje em dia é importante defender os direitos das crianças e dos adolescentes, porque, apesar de tudo, não são todos que respeitam. Na minha opinião, deveriam ser feitos mais textos sobre esse assunto, que para alguns parece fácil de compreender, mas para outros não.

    Responder
  3. Milena Melo

    Ana Clara Oliveira, Gostei muito do texto, acho o assunto muito interessante e gostei muito da forma que você retrata ele, mas acho que o texto poderia ter sido escrito com palavras mais simples, para que crianças possam ler e entender mais sobre o texto. Em geral seu texto ficou ótimo, parabéns pelo trabalho.

    Responder
    • Ana Clara Oliveira

      Oi, Milena! Fico feliz que tenha gostado e mais ainda com seu apontamento.
      Faz todo o sentido e me alertou para algo que eu não havia pensado quando escrevi. Muito obrigada! (:

      Responder
  4. Maria Eduarda Louro Almeida

    Achei muito interessante! Pois seu texto informa ao seu público sobre como é importa as questões sobre as crianças de hj em dia e espero que aja mais blogs sobre o assunto revolucionário para nossa sociedade! Mt
    Obrigada ^w^. (Maria Eduarda louro almeida).

    Responder
  5. Ana luiza Cabral

    Ana Clara Oliveira, achei o seu texto muito interessante, pois agora tenho mais conhecimento sobre o assunto. Acho que você deveria escrever mais vezes sobre esse tema,gostei muito da forma como você retratou o assunto. Ótimo trabalho!

    Responder
  6. guilherme

    Ana Clara Oliveira gostei do muito do seu texto, achei bacana você falar sobre o estatuto da criança e tudo mais. Enfim, parabéns

    Responder
  7. João Alvarenga Prezotti

    Ana clara Oliveira,achei muito interessante esse seu texto sobre o estatuto da criança,aposto que várias pessoas não sabiam desses direitos das crianças.Bom texto!

    Responder
  8. Lucca Croce

    Ana Clara Oliveira, achei seu texto muito bom, agora quem ler vai entender mais sobre o assunto e também vai adorar seu texto. Espero que fale mais sobre o Estatuto.

    Responder
  9. Ricardo Daros Alvarenga

    Ana Clara Oliveira, achei seu texto muito interessante, gostei da maneira que você retrata isso, alem de tudo você traz muita informação e graças a você sei muito mais coisa sobre o assunto abordado. Mas um pequeno problema foi a linguagem usada, achei muito difícil de uma criança compreender, fora isso seu texto está maravilhoso.😁

    Responder
  10. Julia Loureiro

    Ana Clara Oliveira . Achei seu texto muito interessante pois aprendi coisas novas e também agora tenho mais conhecimento do assunto. Gostei muito do seu texto e quero que você continue escrevendo sobre o assunto PARABÉNS pelo se trabalho

    Responder
  11. Ayummy Kêmelly Ferreira de Freitas

    Ana Clara Oliveira , achei seu texto muito interessante e importante para todos , principalmente para CRIANÇAS E ADOLESCENTES , onde todos nós devemos respeitar os direitos e deveres delas. O seu texto ficou ÓTIMO , mas você poderia escrever em uma linguagem em que as crianças iram entender melhor , no caso uma linguagem voltada para crianças ! Mas em fim ficou muito explicativo . Parabéns !! Em minha opinião você deveria escrever mais textos a respeito , para todos nós adiquirirmos mais conhecimento ! 😍

    Responder
  12. Ana Carolina

    Eu gostei muito do artigo, me ajudou a conhecer melhor o ECA(estatuto da criança e do adolescente). Só acho que os adultos já sabem sobre esse assunto e que as crianças que teriam mais interesse, então poderia escrever com um pouco mais de clareza e linguagem informal, mas gostei bastante.

    Responder
  13. Sofia Campanha de Araujo

    Achei muito interessante, acho certo que você dale para as pessoas sobre os direitos das crianças e adolescentes, todos devem ser respeitados e ter seus direitos

    Responder
  14. Ellen Julie lira sobrinho

    Eu amei o seu texto
    Espero que faça outros para poder concientizar mais crianças e adolescentes😍😍😍😍😍😍só acho que você poderia colocar uma linguagem mais voltada para crianças.mesmo assim seu texto ficou otimo
    Parabéns🎉

    Responder
  15. Luiza Cunha Silveira

    Ana Clara Oliveira,
    Achei seu texto muito interessante, e acho que falo por todas as crianças do Brasil quando digo que as crianças precisam de proteção, e é maravilhoso você precaver as pessoas sobre esse assunto, com esse texto com certeza os adultos vão ter mais cuidados em relação as crianças, porém eu acho que você poderia escrever um texto como esse, todavia mais direcionado as crianças para que elas também tenham cautela com as coisas que fazem, mas isso é apenas a minha opinião.
    P.S: O seu texto está realmente muito bacana. S2

    Responder
  16. Daniel Ferraz

    Ana Clara Oliveira, achei seu texto muito bom mas poderia ter palavras mais faceis para ler,achei muito legal voce falar sobre esse assunto que ele e muito interessante.Adimiro o seu trabalho:)

    Responder
  17. Anna Beatriz Ferreira Silva

    Olá Ana Clara,
    Adorei o seu texto. Foi muito enriquecedor!
    Me permitiu conhecer mais sobre os direitos e deveres e a importância deles na vida das crianças e dos adolescentes.
    Espero que assim com eu todos tenham a oportunidade de conhecer os seus direitos e deveres através do seu texto🥰.
    Abraços>w<

    Responder
  18. diego

    eu li o seu texto e achei muito interessante porque fala sobre o ECA e eu pude aprofundar sobre esse assunto

    Responder
  19. Marcos Vinícius

    Ana Clara Oliveira achei seu texto muito interessante principalmente a parte das vacinas. : ) ( :

    Responder
  20. Gabriel L. F.

    Olá Ana Clara!
    Achei muito bom o seu texto pois mostra a todos cuidados essenciais para a criação de um filho (a) (manter as vacinas em dia, ter cuidado com sua parte psicológica , uma boa educação e etc…) defendendo também os direitos das crianças e dos adolescentes que, infelizmente, nem sempre são compridos ,achei muito bom e acredito que esses textos educam tanto crianças quando adultos ajudando para que todos possam entender a importância disso. Você poderia fazer um texto falando sobre o trabalho infantil que é algo muito presente mas que poucos veem em nossa sociedade.

    Responder
  21. gabriela

    Ana Clara Oliveira achei seu texto muito interessante, e me aprofundei melhor no assunto, parabéns!!!Continue assim!!!

    Responder
  22. Gabriella fialho bortolon

    Ana Clara Oliveira,gostei muitoooo do seu texto.Eu já sabia algumas coisas do Estatutu da criança e adolescente,mas com esse texto eu aprende MUITO mais,aprende direitos que eu não sabia antes.eu AMEI!Quero muitos mais textos como esse 🙂
    PARABÉNS🥳
    ABRAÇOS ,
    GABRIELLA FIALHO BORTOLON

    Responder
  23. Victor Abrantes

    Ana Clara, achei seu texto muito interessante principalmente por informar sobre a importância do ECA, pois as crianças são o futuro do país.

    Responder
  24. Mariana

    Gostei muito do blog principalmente da parte em que você fala sobre os riscos que podemos correr

    Responder
  25. Isabela Rocha de Queiroz

    Olá Ana Clara Oliveira, gosteimuito do seu texto,ele me ajudou a aprender novas e surpreendente coisas.
    Achei muito legal vc ter falafalado sobre o “estatuto da criança e do adolescente”.
    Vc já deve ter percebido durante este comentário mas irei falar de novo mesmo assim parabéns pelo seu texto ele ficou muito bom e muito interessante, sinceramente o seu texto ficou esplendido,maravilhoso,encantador…
    👏👏👏

    Responder
  26. Maria Júlia von Randow Basilio de Souza

    Ana Clara Oliveira achei seu texto muito legal, me fez aprender coisas novas ,e foi muito interessante vc falar sobre o estatuto da criança e do adolescente, adorei seu trabalho, continue fazendo estes ótimos textos!😉

    Responder
  27. Gael Silveira Magalhães

    Ana, achei muito interessante o seu texto que fala sobre o ECA. Ele é bem importante para a sociedade, pois garante todos os direitos e deveres das crianças e dos adolescentes.

    Responder
  28. Leonardo Moreira Fabris

    Oi Ana
    Achei legal o texto pois explica alguns aspectos do estatuto de forma diferente

    Responder
  29. Arthur Borges Machado

    Olá Ana Clara Oliveira!
    Gostei de mais do seu texto, mas claramente você o escreveu para adultos lerem, e tomarem consciência… bacana! Mas para crianças com eu e outras que comentaram também, fica meio difícil de entender, pois usou várias palavras difíceis de se entender como… “vínculo”, entre outras. Fora essa palavras difíceis (q eu tive q pesquisar sobre elas) eu consegui entender perfeitamente o seu texto, ficou ótimo!!!! (Tenho certeza q os adultos q leram compreenderam perfeitamente sem a mínima dificuldade)

    Responder
  30. Arthur Borges Machado

    *Foram por causa dessas palavras difíceis (…) que eu não consegui…

    Responder
  31. Mateus Magri Pugnal

    Ana Clara Oliveira, eu gostei do seu texto pois fala sobre o ECA, e eu aprendi mais coisas sobre isso.

    Responder
  32. Giovanna Dessaune Chamon

    Ana Clara Oliveira,adorei seu texto e se tiver uma pessoa que não sabe do assunto acho que vai gostar.

    Responder
  33. Julia L. Hack

    Ana Clara Oliveira, gostei muito do seu texto e ele ajuda bastante quem quer aprender sobre o ECA. 🙂

    Responder
  34. Helena Baptista Ribeiro 😊

    Achei super interessante o seu artigo, sobre o ECA! Você escreve muito bem. Com o seu artigo aprendi várias coisas , uma delas é que toda a criança tem direito a uma moradia, e também direito de ir a escola. Mas você pode melhorar ainda mais ! Como por exemplo o jeito de como você escreve , ou seja use mais a informalidade para que mais pessoas entendam o seu artigo. Tirando isso você escreveu perfeitamente! Sou sua fã ! A partir de agora!!
    Irei divulgar o seu artigo para muitas pessoas. Assim elas mais sobre esse assunto! E continue escrevendo mais!!😆😙😚😻

    Responder
  35. SOFIA RIBEIRO CASTRO

    ANA CLARA!!!
    EU GOSTEI MUITO DO TEXTO, O BOM E QUE AS PESSOAS QUE NÃO SABEM O QUE SIGNIFICA O QUE É ESTATUTO DA CRIANÇA PODEM LER E APRENDER MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO TÃO IMPORTANTE.

    Responder
  36. Lais

    Oi Ana Clara Oliveira,
    Eu Lais já sabia vários de nossos direitos como ter direito a educação,a saúde e muito mais!!!
    Você enriqueceu meu conhecimento com mais direitos que temos.Acho isso bem legal porque ai podemos conhecer muito bem nossos direitos e se não estamos tendo direito a alimentação,a educação,a saúde e etc,podemos falar com nossos pais e com outras pessoas que isso é um direito que está escrito no ECA e possamos discutir até termos esses direitos que todo o mundo deve ter.

    beijos Lais

    Responder
  37. lucas

    Ana Clara Oliveira eu entendi mais com o seu texto e eu concordo sobre todos terem que respeitar os direitos das crianças.

    Responder
  38. Anna Luísa Sperandio

    Oi , Ana tudo bem? Gostei muito do seu texto,aprofundei o meu conhecimento sobre o ECA ,gosto muito de aprender sobre os nossos direitos!!!
    Parabéns ☺️☺️

    Responder
  39. Arthur Piantavinha Risso

    olá Ana Clara Oliveira eu ADOREI seu texto muito bom concordo com tudo o que você disse

    Responder
  40. Mateus Leal

    Achei muito interessante ,parabêns Ana

    Responder
  41. clara altoé

    Ana Clara Oliveira, eu adorei seu texto!!
    Aprendi muitas coisas sobre o ECA nesse texto.
    Acho muito interessante falarem sobre esse tema. É muito importante que as pessoas tenham conhecimento sobre o assunto abordado, falar sobre os direitos e deveres das crianças, algo que nem sempre é exercido.
    parabéns pelo texto!

    Responder
  42. 》》Julia Baptista Teixeira《《

    Oi! Ana Clara Olivera,
    eu amei♡ o seu artigo. Mas você poderia ter escrito mais informalmente porque eu não entendi algumas palavras como por exemplo:
    Coisas banais, eu não se o que é isso.
    Mas voltando ao assunto eu gostei muito da parte em que você colocou um textinho da Ruth Rocha.
    É esse aqui:

    Toda criança no mundo
    Deve ser bem protegida
    Contra os rigores do tempo
    Contra os rigores da vida.
    Criança tem que ter nome
    Criança tem que ter lar
    Ter saúde e não ter fome
    Ter segurança e estudar.
    Não é questão de querer
    Nem questão de concordar
    Os direitos das crianças
    Todos têm de respeitar.
    (O Direito das Crianças – Ruth Rocha)

    Esse texto está muito bom porque explica todos os direitos que uma criança deve ter
    》》》1000 BEIJOS, ♡♡♡♡♡♡♡♡♡《《《
    Julia Baptista Teixeira.

    Responder
  43. Laura E. Negri

    Parabéns, Ana Clara Oliveira! Seu texto ficou mt bom! Espero q vc possa fazer mais textos falando sobre esse assunto. Acho bem legal a gnt aprender sobre isso ainda qnd criança, pra poder crescer com mais experiência do q qnd adulto. Desde já, agradeço mt msm pelo texto.
    Beijooooss da Laura.
    ♥️♥️♥️

    Responder
  44. Pedro Abelha

    Beleza pessoal !!!!. Muito bom, muito interessante e importante.

    Responder
  45. Heitorjapa

    Achei legal e aprendi varuas coisas sobre o ECA em seu texto

    Responder
  46. Pedro henrique s.m.

    Eu gostei muito texto foi otimo ler espero que você comtinue fazendo textos iguais esse

    Responder
  47. marya castelan 5a

    adorei o texto pois fala de algo que deve ser valorizado por todos (O DIREITO DAS CRIANÇAS) hoje em dia ainda é possivel ver crianças trabalhando nas ruas e muitas vezes ao invés de denunciar achamos que é bobeira e que não vale apena falar com a policia.Mas se nos colocarmos no lugar delas veremos que é orrivel trabalhar e não ir para a escola, Não FAZER AMIGOS e etc.

    #CRIANÇANÃOTRABALHA

    Responder
  48. Mauricio

    Muito legal me informou mais sobre meus direitos

    Responder
  49. Catarina Pego Schelmam Velten

    Ana clara, Eu gostei muito do seu texto e admiro muito seu trabalho, e realmente hoje em dia As crianças trabalham. Crianças não devem trabalhar mesmo sendo dentro de casa, claro que se for só para ajudar a mãe em alguma coisa que não prejudique a criança tudo bem. Como algumas pessoas já falaram, acho que você poderia escrever seu texto com a linguagem mais voltada para as crianças uma linguagem mais informal, seu texto foi muito útil por que tem pessoas que não aprofundaram no assunto de que que o trabalho o trabalho infantil o bulying os maus tratos a criança era tão grave assim, agora sabem e mesmo as pessoas que ja sabiam mas acharam interessante seu texto como eu. Eu realmente gostei muito e quero e desejo que você continue escrevendo mais textos maravilhosos sobre esse assunto ou sobre outros assuntos também.

    Responder
  50. LARISSA G. M.

    Oiee Ana Clara de Oliveira ,tudo bem ? meu nome é Larissa e adorei o seu texto.Gostei muito de ver que tem muitas pessoas na luta pelos direitos da criança e do adolescente .Eu por exemplo sou uma criança e sou consciente de todos os meus direitos e deveres,acho isso muito legal e acho que outras crianças,adolescentes e adultos também deveriam saber.Tchauuuu!

    Responder
  51. Julia Brandao

    Ana Clara Oliveira,meus parabéns pelo texto. É sempre bom saber mais informações sobre assuntos importantes, como esse que você fez sobre os direitos das criança e dos adolescentes. Um abraço de Júlia Brandão.

    Responder
  52. ANTÔNIO BOECHAT

    Achei muito interessante, eu aprendi muito, pois não conhecia esses direitos, gostaria que publicasse mais coisas sobre esse assunto.

    Responder
  53. Isabella Q. Rios

    Parabéns pelo seu texto achei MUITO interessante e aprendi coisas novas sobre o ”Estatuto da criança e do adolescente” que eu não sabia. Continue publicando sobre esse assunto.:👏👏👏

    Responder
  54. Vivian Santos Ralin Vieira

    Olá Ana Clara Oliveira!😊
    Eu achei o seu texto muito legal e interessante! Adorei a citação do texto da Ruth Rocha!
    Seu texto nos faz refletir sobre a importância do cuidado com a infância e nos trás informações importantes a respeito dos direitos da criança e do adolescente. Esses direitos devem ser garantidos para que possamos ter uma sociedade mais feliz com adultos e crianças que respeitam o próximo e conheçam seus direitos e deveres.

    Responder
  55. Júlia Paraíso

    Ana Clara Oliveira, gostei muito do seu texto… me influenciou muito e aprendi muitas coisas sobre os direitos das crianças!!!! Gostaria que você publicasse mais textos desse assunto!! Parabéns!😉

    Responder
  56. Helena M. F. Lyrio

    PARABÉNS pelo seu texto Ana Clara de Oliveira! Achei muito interessante, porque você está reforçando os direitos das crianças e dos adolescentes. As pessoas de hoje em dia não se importam mais com isso, mas ainda bem que temos pessoas como você!

    Responder
  57. Guilherme Bello

    Ana Clara Oliveira eu achei o seu texto muito interessante e concordo totalmente com o que você disse. Também acho uma das coisas mais fundamentais em nossa sociedade, a proteção de todas as crianças para que nossa geração futura tenha um futuro melhor.

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *