Quem tem um bebê em casa sabe o quanto esses pequenos mudam rápido e constantemente. De um dia para o outro, são novos aprendizados e novas caras e bocas, sempre! Essa fase de constante mudança é marcada pelos famosos saltos de desenvolvimento. Mas, afinal, o que e quais são os saltos de desenvolvimento do bebê

“Meu bebê não é mais o mesmo”: o que são os saltos do desenvolvimento? 

Os saltos do desenvolvimento são os momentos em que o bebê está adquirindo uma nova habilidade. Esses ganhos vêm acompanhados de algumas alterações comportamentais nos bebês que, geralmente, podem gerar desconfortos para os pais e para os pequenos. Apesar de um pouco incômodo, essas mudanças, como todas na vida, trazem sentimentos e sensações desconhecidas aos bebês. 

O amadurecimento do sistema nervoso aflora as sensações, e na cognição, as mudanças são tamanhas que o sentimento comum nos pais é “meu bebê não é mais o mesmo”. O mundo, aquele que o pequeno parecia estar cada vez mais adaptado, passa a ser um lugar estranho no qual ele não se sente pertencente e toda a adaptação parece ter que recomeçar. 

Mas antes de verificar se seu bebê está fazendo tudo descrito em cada salto, é importante reforçar que cada criança tem um tempo de desenvolvimento e que esses são padrões que podem ser desenvolvidos em um espaço de tempo de, mais ou menos, um mês antes, ou um mês depois, ou até mais tempo, sem que isso signifique a criança tenha alguma especificidade. Também é válido saber que existem condições especiais que fazem com que a criança não desenvolva algum desses aspectos. Mas o acompanhamento de profissionais especialistas, como pediatras, é de suma importância para o desenvolvimento pleno do seu bebê.

Mas, afinal, quais são os saltos de desenvolvimento do bebê?

1° Salto: Descobrindo as sensações e as paisagens

saltos do desenvolvimento do bebê 1Quando: +/- 1° Mês

O primeiro salto ocorre, mais ou menos, quando o primeiro mês de vida do bebê se completa. É neste momento que o bebê consegue fixar o olhar por mais tempo. Ele também passa a responder mais ao toque. O bebê, que antes dormia grande parte do dia, agora poderá ficar acordado por mais tempo.  Agora o pequeno poderá até dar seu primeiro sorriso social, aquele que é intencional e não reflexo. Neste momento, o bebê poderá chorar mais facilmente, também exigir mais contato físico e poderá mamar por mais vezes e por mais tempo. 

2° Salto: Compreendendo os padrões

saltos do desenvolvimento do bebê 2Quando: +/- 2 meses

Este é o momento de apostar nos livros em preto e branco com contraste! A visão do bebê está mais apurada, por isso, ele já fixa o olhar nessas figuras. Estimule seu bebê o colocando de bruços porque neste momento o pescocinho dele estará mais firme. Você perceberá também que ao colocar um brinquedo na frente dele, apesar de ainda não conseguir agarrá-lo, ele já será capaz de bater suas mãozinhas no objeto. Neste momento, o bebê poderá mamar com mais frequência e ficar mais calmo quando está com você.

3° Salto: Aprimorando suas habilidades

saltos do desenvolvimento do bebê 3Quando: +/- 3 meses

Agora, além de conseguir ver um objeto mais claramente, o bebê deverá aos poucos tentar acompanhá-lo, movimentando seus olhos e sua cabeça na direção na qual o objeto é movido. Seu bebê também poderá agarrar um chocalho e bater com ele na mesa! Neste salto, o bebê poderá chorar mais alto. Como se estivesse gritando mesmo. Você notará também que ele começará chupar o dedinho.

4° Salto: Que som é esse?

saltos do desenvolvimento do bebê 4Quando: +/- 4 meses

Sabe aqueles grunhidos fofos típicos dos bebês? Agora seu pequenino começará a emiti-los, cada vez mais agudos e altos. Ele também poderá procurar o pai ou a mãe quando eles fogem da sua visão. Ele também passará mais tempo brincando sozinho! Durante esse período o bebê poderá exigir mais atenção e também terá mudanças de humor mais bruscas.

5º Salto: Fazendo relações

saltos do desenvolvimento do bebê 5Quando: +/- 5 meses

Agora seu bebê começará a testar as consequências de algumas ações, como por exemplo, jogar um objeto no chão para ver o que acontece. Ele também demonstrará insatisfação quando os pais se ausentam. Os detalhes, como etiquetas, chamarão ainda mais atenção do seu pequeno.  Nesta fase, seu bebê poderá aparentar estar incomodado, chorando mais. O colo e a amamentação poderão ajudar muito neste período. 

6º Salto: Começando a se integrar

saltos do desenvolvimento do bebê 6Quando: +/- 7 meses

As pessoas podem atrair mais atenção do seu bebê. As palavras também passam a ter mais significado para ele, e ele poderá compreender algumas e demonstrar isso. Ele também começará a bater palminhas e tentar engatinhar. Seu bebê ficará mais carinhoso neste momento, ele demonstrará a necessidade de passar mais tempo com você, e demonstrará mais afeto por você! 

7º Salto: O que é? Para que serve?

saltos do desenvolvimento do bebê 7Quando: +/- 10 meses

Agora seu bebê passará a entender a função de alguns objetos e a tentar utilizá-los corretamente. Por exemplo: tentar comer com uma colher. Ele também passará a pedir mais comida quando assim desejar. Agora seu bebê demonstrará mais vontades, quando você o deitar ele poderá ficar mais bravo. E ele poderá resmungar mais e com maior frequência. 

8º Salto: Brincando com objetos

saltos do desenvolvimento do bebê 8Quando: +/- 11 meses

Agora seu bebê poderá brincar com um prato por exemplo, fingindo que está dirigindo. Ou pegar um controle de falar: alô! Ele também observa mais o que os adultos fazem e tenta imitar. Neste momento seu bebê aparentará ter ataques de raiva, se acalme, isso é normal! O seu sono poderá ser abalado e chorará com maior frequência. 

9º Salto:  O início das escolhas  autônomas

saltos do desenvolvimento do bebê 9Quando: +/- 1 ano e 2 meses

Seu bebê poderá até começar a tentar se vestir sozinho! No começo será difícil ter sucesso nesta missão, mas, aos poucos, a sua habilidade se aprimorará. Agora ele também testará mais suas emoções e iniciará negociações. Como dificuldade, neste salto, seu bebê poderá não querer ir com ninguém além de você.

10º Salto: Controle do seu corpo

saltos do desenvolvimento do bebê 10Quando: +/- 1 ano e 6 meses

Agora seu bebê saberá que ele pode controlar suas ações e passará também a reconhecê-las. O período da desobediência também poderá iniciar. Afinal, ele ainda não tem pleno controle da linguagem, mas deseja tê-lo e também suas vontades são mais claras para ele, mas ele poderá ter dificuldade de expressá-las claramente, gerando então esse atrito na comunicação. Durante este salto seu bebê poderá ficar um pouco sem apetite e também ter mais pesadelos. 

Como lidar com essas mudanças e regressos?

Durantes estes saltos, seu bebê poderá apresentar alguns incômodos em comum como alterações no apetite e no sono. Por isso temos 5 dicas para amenizar os desconfortos deste período:

1. Deixe seu bebê mamar por mais vezes. Estando perto do seu porto seguro, ou seja, você, ele sentirá menos os desconfortos desta etapa;

2. Use o sling ou um canguru para manter seu bebê próximo a você, sem ocupar seus braços;

3. Faça cama compartilhada de forma segura durante este período;

4. Estimule as habilidades aptas a cada salto. Assim, seu bebê atravessará ele com o seu suporte e se sentirá mais seguro;

5. No final do salto seu bebê demonstrará felicidade por ter conquistados as habilidades e será recompensador. Por isso, mentalize o mantra: Vai passar! 

Tabela dos saltos do desenvolvimento do bebê!

Existem estudos muito relevantes e pesquisadores como Frans Plooij que se dedicaram a traçar de forma precisa esses saltos. A teoria desenvolvida por eles pode ser encontrada livremente na internet. E, para acompanhar as habilidades correspondentes a cada salto de desenvolvimento do seu bebê, preparamos uma tabela com todas as informações que você precisa saber. Clique, faça o download e imprima:

Tabela com todos os saltos do desenvolvimento do bebê

Profile photo of Caroline Lara

Faz parte da Equipe de Curadoria da Leiturinha, é formada em Psicologia e mãe do Caetano. Leitora compulsiva, é apaixonada em provocar emoção, despertar a fantasia, entreter e alegrar pequenos através da literatura. Acredita que quanto menor nosso tamanho, maior a criatividade!