Aniversário da Leiturinha, os melhores descontos pra incentivar a leitura infantil. Vem pro Clube! Assine agora

Marcos do desenvolvimento: o que esperar dos 3 aos 6 anos de idade?

por | fev 18, 2019 | 0 Comentários

Saber qual é a fase “certa” para andar, falar e comer sozinho é uma preocupação constante aos pais. Aí é o momento em que muitos recorrem ao pediatra, ao vizinho e aos amigos para colher o máximo de experiências e informações para saber se seu filho está com o desenvolvimento semelhante ao das outras crianças.

Porém, quando falamos de desenvolvimento infantil, vale ressaltar que cada criança tem seu tempo e seu jeito particular de desenvolver-se, e além disso, cada ambiente é único e gera estímulos diferentes. No entanto, para ajudar pais e mães, reunimos um parâmetro geral dos marcos do desenvolvimento esperados para pequenos de 3 a 6 anos:

3 anos

Com três anos, a criança já possui uma bom equilíbrio e controle do corpo, portanto, consegue andar, dançar, pular, chutar bola. Esse reconhecimento e controle inicial do corpo possibilitam o desfralde entre 2 e 3 anos.

Quanto ao desenvolvimento da fala, o vocabulário e entendimento da língua materna é grande. Crianças dessa idade conseguem contar histórias, cantar e falar sentenças compreensíveis, mas muitas vezes com erros de pronúncia e concordância.

Os pequenos dessa faixa, ainda não reconhecem a ordenação do tempo, então o ontem, o amanhã e as férias ainda são conceitos utópicos para eles, uma dica é apresentar sequenciamento, como primeiro faremos isso e depois aquilo, para instigar a percepção de tempo.

4 anos

Com quatro anos, a fala do pequeno torna-se totalmente compreensível, possibilitando que os pais e professores percebam os errinhos e trocas comuns de fonética e pronúncia, e por isso, muitos dos pequenos de quatro anos são encaminhadas para fonoaudiólogas.

Com essa idade, os pequenos já conseguem conversar, interagir e contar histórias longas, o que possibilita interações e construção de vínculos afetivos mais fortes com os coleguinhas e amiguinhos. As crianças também conseguem entender jogos que tenham regras simples, e reconhecer letras e números, o que desperta uma vontade enorme de aprender coisas novas. A habilidade motora também permite que as crianças tenham mais equilíbrio e possam se aventurar com bicicletas, escaladas e outros esportes.

5 anos

Crianças com cinco anos estão na transição da idade pré-escolar para escolar. E isso revela crianças com um nível bacana de autonomia, que conseguem fazer atividades como escovar os dentes, tomar banho, escolher sua roupa, preparar seu lanchinho e fazer tarefa de casa sem auxílio de um adulto. Com essa idade, se dá o início da alfabetização, o reconhecimento de letras e possível início de leitura. Também, com essa idade, começam as primeiras noções financeiras, o que possibilita uma janela enorme para o aprendizado de novas responsabilidades.

6 anos

Crianças com seis anos completos até 30/05 cursam o Primeiro ano do Ensino Fundamental. Aqui a criança aprende a ler e escrever palavras e frases, passo que abre um universo completamente novo, da leitura e da escrita. Aqui, provavelmente, seu filho se aventurará a ler tudo que vir pela frente, como placas, mensagens, escritos, etc. A criança começa a entender o mundo e a coletividade de forma mais clara, deixando um pouco a característica egocêntrica dos anos anteriores, o que instiga a sua curiosidade, seu senso de responsabilidade e suas noções de causa e efeito.

Para estimular o desenvolvimento de seu pequeno, reunimos algumas dicas bem bacanas baseadas em Disciplina Positiva, que podem ser encontradas no livro “Disciplina Positiva para crianças de  0 a 3 anos”, de Jane Nelsen, Cheryl Erwin e Roslyn Ann Duffy:

– Ofereça segurança e oportunidades para explorar.

– Ofereça um ambiente seguro, para que seu filho investigue o mundo.

– Redirecione quando necessário. Seja gentil e firme.

– Permita que seu filho corra, escale e desenvolva músculos saudáveis.

– Reconheça a diferença entre o que seu filho quer e o que ele precisa.

– Foque em conexão e relacionamento.

Leia também: 

Categorias:
4 - 6 anos | Criança | Saúde
Escrito por Nathalia Pontes
Mestre em Psicologia da Educação, educadora e escritora, acredita que aprender é uma combinação entre autoconhecimento, troca e curiosidade pelo novo. É apaixonada por educação, desenhos, viagens e literatura.
E-book exclusivo Leiturinha
Relacionados
Pesadelo e terror noturno infantil: o que fazer em cada caso?

Pesadelo e terror noturno infantil: o que fazer em cada caso?

Imagine a seguinte situação: de repente, seu pequeno ou pequena começa a gritar durante a noite, transpirando e se debatendo. O que você faria? 😟 É comum que, diante de um caso de pesadelo ou terror noturno infantil, os adultos fiquem bastante preocupados e até...

Como criar pequenos artistas?

Como criar pequenos artistas?

Ter liberdade, espaço e autonomia para desenvolver a imaginação, a fantasia e, sobretudo, a criatividade é bastante importante para os pequenos e pequenas. E saber como criar pequenos artistas ajuda os adultos a incentivarem essas competências desde a infância! Quer...

A importância do contato com a natureza para as crianças

A importância do contato com a natureza para as crianças

Cuidar das plantas e das flores, respirar ar puro, tomar banho de chuva e brincar na terra são hábitos muito saudáveis! 🌱 Afinal, o contato com a natureza é muito importante para o desenvolvimento dos pequenos e pequenas. Por isso, essas atividades devem ser...

Pesadelo e terror noturno infantil: o que fazer em cada caso?

Pesadelo e terror noturno infantil: o que fazer em cada caso?

Imagine a seguinte situação: de repente, seu pequeno ou pequena começa a gritar durante a noite, transpirando e se debatendo. O que você faria? 😟 É comum que, diante de um caso de pesadelo ou terror noturno infantil, os adultos fiquem bastante preocupados e até...

Como criar pequenos artistas?

Como criar pequenos artistas?

Ter liberdade, espaço e autonomia para desenvolver a imaginação, a fantasia e, sobretudo, a criatividade é bastante importante para os pequenos e pequenas. E saber como criar pequenos artistas ajuda os adultos a incentivarem essas competências desde a infância! Quer...

A importância do contato com a natureza para as crianças

A importância do contato com a natureza para as crianças

Cuidar das plantas e das flores, respirar ar puro, tomar banho de chuva e brincar na terra são hábitos muito saudáveis! 🌱 Afinal, o contato com a natureza é muito importante para o desenvolvimento dos pequenos e pequenas. Por isso, essas atividades devem ser...

Até quando as crianças devem acreditar no Coelhinho da Páscoa?

Até quando as crianças devem acreditar no Coelhinho da Páscoa?

Participar do universo fantasioso dos pequenos e pequenas é mesmo uma delícia! Nesse sentido, a Páscoa pode ser um momento bastante especial para estimular o pensamento inventivo das crianças. Afinal, as idealizações que permeiam as datas comemorativas são importantes...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Boa leitura!