O homem chega à sua maturidade quando encara a vida com a mesma seriedade que uma criança encara uma brincadeira.

Nietzsche

Brincar e imaginar: Como as crianças constroem a realidade através da imaginação?

Constantemente, os pequenos entram em contato com diversas expressões artísticas: ao ouvir uma música, ver a arquitetura da cidade, as pinturas, a literatura, entre as tantas outras formas em que ela pode se manifestar.

Seja na escola, em casa ou em outros espaços, os pequenos fazem constantes descobertas. Brincar e imaginar são formas de construir a realidade e também falar sobre ela. Pois a interação dos pequenos com o mundo se dá, muitas vezes, de forma lúdica, na tentativa de contar sobre o real.

Os melhores livros infantis

A imaginação e a elaboração do real

Você lembra de suas brincadeiras quando era pequeno? Um rolinho de papel se tornava uma potente luneta, uma caixa se transformava em um foguete ou até mesmo tinha o poder de te transportar para outro universo. Brincando, os pequenos criam suas narrativas e constroem seus espaços.

A imaginação é um espaço de autonomia. A partir dela é possível pensar sobre a vida e possibilidades de viver, sendo este realizável ou não. A fantasia acompanha a criança em suas experiências diárias e, assim, a criança experimenta o novo. Receptiva às novidades, a imaginação é também uma dimensão em que a criança vislumbra coisas novas e esboça futuros possíveis.

Assim, a criança imaginativa tem a necessidade de contar sobre sua realidade. Através do brincar, ela transforma elementos simples em uma atividade importante e, a partir dela, especula sobre o mundo. 

Sendo assim, a arte ocupa um espaço especial nesta relação entre criança e mundo, pois através dela surge a possibilidade da criança falar sobre si. Pelos desenhos, pinturas e performances, as crianças estão o tempo todo construindo sua realidade e experimentando-a.  

Nós, da PlayKids, buscamos sempre incentivar os pequenos através da literatura! Afinal, livros são companheiros que podem nos acompanhar a vida toda, e que também podemos compartilhar com outras pessoas, ampliando as possibilidades de incentivar a formação de novos leitores.

Pensando em estimular a diversão e a imaginação, nossa Equipe de Curadoria planejou três coleções de livros infantis, com as quais os pequenos poderão usar de toda sua criatividade para elaborar suas narrativas, conhecer referências de arte e explorar histórias do cinema, expandindo seus conhecimentos sobre as diferentes manifestações humanas. Confira:

Coleção Lego – Faça seu próprio filme

Que tal aproveitar as férias para fazer um filme? Parece interessante, não é? Para começar a carreira de diretor de cinema, seu pequeno pode contar com este livro que apresenta o passo a passo de como começar um grande história. Nesta brincadeira, os pequenos podem exercitar toda imaginação e criatividade, importantes em seu processo de desenvolvimento. Além disso, a ideia de construir algo próprio, como um filme, pode ser muito marcante, podendo ser uma brincadeira que ficará registrada para a vida toda. Escreva uma história, combine as figuras, monte seu elenco e crie um super filme!

 

Coleção Pequenos Artistas 

A arte é fundamental para que nos coloquemos no mundo enquanto sujeitos, expressando nossas subjetividades, habilidades e individualidades e contribuindo para um olhar mais crítico e sensível sobre o mundo. Pensando nisso, essa coleção vai apresentar três grandes artistas aos pequenos: Claude Monet, Edgar Degas e Vincent Van Gogh. Preparem-se para viajar por suas obras e conhecer um pouco de suas vidas e estilos artísticos, em um delicioso momento de leitura. Ao final do livro, vocês encontram mais informações sobre a vida e obra de cada um dos artistas. 

 

Coleção Cinema

O mundo da fantasia é extremamente atrativo para os pequenos. Para compreender a realidade, é necessário, antes, imaginar. O cinema é democrático neste aspecto, pois permite que adultos e crianças viajem para onde quiserem, colocando-se no lugar do outro, em situações diferentes, em momentos diferentes. Por isso, o cinema tem tudo a ver com a literatura: são artes que nos fazem sentir por diferentes caminhos.

Leia mais:

Profile photo of Rafaela Martins

Estudante de Psicologia, acredita que a literatura e a curiosidade são caminhos para se conhecer o mundo. Através delas, nos tornarmos mais sensíveis e dispostos à uma educação coletiva e libertadora.